quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Os papas e São Malaquias: Profecia? Verdade ou mentira? o tempo dirá!

Imagem cedida por: http://www.visaoacida.com/2010/04/sao-malaquias-profecias-dos-papas.html


São Malaquias nasceu em Armagh, Irlanda em 1094, segundo São Bernardo. Foi batizado como Maelmhaedhoc, e seu nome "latinizado" é conhecido como Malaquias. Tornou-se sacerdote por Al Morir San Celsus em 1119. 

Depois de sua ordenação, continuou seus estudos de liturgia e teologia em Lismore, San Malchus. Em 1124 foi consagrado bispo de Condor.

Com a morte de San Cellus, São Malaquias foi nomeado Arcebispo de Armagh em 1132, por sua grande humildade e dedicação. 

As intrigas não o permitiram assumir o cargo por dois anos. Em três anos restaurou a disciplina eclesiástica em Armagh. Segundo São Bernardo, São Malaquias tinha um dom para a religião. 

Em 1139 viajou para Roma e no caminho visitou São Bernardo em Clairvaux. Lá começou seu legado com a Irlanda. Ao regressar via Clairvaux, juntou cinco monges para fundar na Irlanda a grande abadia de Mellifont em 1142. 

Em uma segunda viajem a Roma, São Malaquias chegou doente a Clairvaux e morreu nos braços de São Bernardo em 2 de novembro. 

Muitos milagres foram atribuídos a São malaquias, mas ele também era conhecido pelo seu dom de visões de profecias. 

Foi canonizado pelo papa Clemente III em 6 de julho de 1199. Sua festa é celebrada em 3 de novembro. 


Profecias de São Malaquias 

Sobre sua própria morte 
Segundo São Bernardo, São Malaquias anunciou o dia exato de sua morte (dois de novembro) estando com ele na abadia de Clairvaux. 

Sobre a Irlanda 
Anunciou que a Irlanda, sua pátria, será oprimida e perseguida pela Inglaterra, trazendo desgraças por sete séculos, que preservaria a fidelidade a Deus e a sua Igreja em meio a todos os problemas. No fim desse período a Irlanda seria libertada e seus opressores castigados e será instrumento fundamental para trazer a fé de volta a Inglaterra. Essa profecia foi copiada por Dom Mabillon de um antigo manuscrito de Clairvaux e transmitida pelo sucessor de Oliver Plunkett.

Sobre os Papas 
A mais famosa das profecias atribuídas a São Malaquias é sobre os Papas. Ela é composta de "lemas" para cada um dos 112 papas, desde Celestino II, eleito em 1130, até o fim do mundo. 

Esses "lemas" descritivos dos papas podem se referir a um símbolo de seu país de origem, a seu nome, seu escudo e armas, a seu talento ou a qualquer outra coisa referente ao Papa. Por exemplo, o lema de Urbano VIII é "Lilium et Rosa"; A era de Florença, Itália, cujo escudo tem uma flor-de-lis. 

Foi muito discutido se São Malaquias é o verdadeiro autor das profecias. Alguns historiadores acreditam que o manuscrito original foi escrito até o século XVI. Se São Malaquias é o autor das profecias, essas ficaram desaparecidas por mais de 400 anos. 

No século XVII, o Padre Menestrier, jesuíta, presenciou um a hipótese de profecia ser um plágio para influenciar as eleições de Gregório XIV no conclave de 1590. O lema que corresponde a este papa na profecia é "antiquitate urbis", que faz uma alusão a sua cidade natal e sede episcopal, Orvieto (Latin: Urbs vetus). 

Não existem provas para os acusadores de fraude. Porém, um dos mais respeitados historiadores do século XVI, Onófrio Panvinio, corregedor e revisor da Biblioteca do Vaticano em 1556, parece aceitar completamente a autenticidade da profecia de Malaquias. 

Abaixo, a lista de todos os lemas dos papas. No fim da lista estão os nomes dos últimos papas citados por São Malaquias

 De acordo com as profecias, Bento XVI será o penúltimo Papa da Igreja Católica Romana. Eis as 111 divisas:
  • Ex Castro Tiberis - Do Castelo do Tibre - Papa Celestino II (1143-1144) - Guido di Castello
  • Inimicus Expulsus - Inimigos Expulsos - Papa Lúcio II (1144-1145) - Gherardo Caccianemici dell'Orso
  • De Magnitudine Montis - Procedente de Montemagno - Beato Eugênio IIIO.Cist. (1145-1153) - Bernardo Pignatelli
  • Abbas Suburranus - O Abade de Suburra - Papa Anastácio IV (1153-1154) - Conrado Suburra
  • De Rure Albo - De um Campo Branco - Papa Adriano IVO.S.A. (1154-1159) - Nicholas Breakspear
  • Ex Tetro Carcere - De um Horrível Cárcere - Antipapa Vítor IV, antipapa (1159-1164) - Ottaviano de Monticello
  • Via Transtibertina - Via Mais Além do Tibre - Antipapa Pascoal III, antipapa (1164-1168) - Guido da Crema
  • De Pannonia Tusciae - Da Hungria a Toscana - Antipapa Calisto III, antipapa - Jean de Struma
  • Ex Ansere Custode - Da Guarda do Ganso - Papa Alexandre III (1159-1181) - Rolando Bandinelli
  • Lux in Ostio - A Luz em Óstia - Papa Lúcio IIIO.Cist. (1181-1185) - Ubaldo Allucingoli
  • Sus in Cribo - O Porco na Peneira - Papa Urbano III (1185-1187) - Uberto Crivelli
  • Ensis Laurentii - A Espada de Lourenço - Papa Gregório VIIIO.S.B. (1187) - Alberto de Morra
  • De Scholia Exiet - Saído de Uma Escola - Papa Clemente III (1187-1191) - Paolo Scolari
  • De Rure Bovensi - Do Campo dos Bois - Papa Celestino III (1191-1198) - Giacinto Orsini
  • Comes Signatus - O Conde Assinalado - Papa Inocêncio III (1198-1216) - Giovanni Lotario, Conde de Segni
  • Canonicus Ex Latere - Canônico do Ladrilho - Papa Honório III (1216-1227) - Cencio Savelli
  • Avis Ostiensis - A Ave de Óstia - Papa Gregório IX (1227-1241) - Ugolino, Conde de Segni
  • Leo Sabinus - O Leão Sabino - Papa Celestino IVO.Cist. (1241) - Godogredo Castiglioni
  • Comes Laurentius - O Conde de São Lourenço - Papa Inocêncio IV (1243-1254) - Sinibaldo, Conde de Fieschi
  • Signum Ostiense - O Signo de Óstia - Papa Alexandre IV (1254-1261) - Rinaldo, Conde de Segni
  • Jerusalem Campaniae - Jerusalém Campânia - Papa Urbano IV (1261-1264) - Jacques Pantaléon
  • Draco Depressus - O Dragão Arruinado - Papa Clemente IV (1265-1268) - Guy Le Gros Folques
  • Anguineus Vir - O Homem da Serpente - Beato Gregório XO.Cist. (1271-1276) - Teobaldi Visconti
  • Concionator Gallus - O Pregador Francês - Santo Inocêncio VO.P. (1276) - Pierre de Tarentaise
  • Bonus Comes - O Bom Conde - Papa Adriano V (1276) - Ottobono, Conde de Frieschi
  • Piscator Tuscus - O Pescador Toscano - Papa João XXI (1276-1277) - Pedro Julião
  • Rosa Composita - A Rosa Dissimulada - Papa Nicolau IIIO.S.B. (1277-1280) - Giovanni Gaetano Orsini
  • Ex Telonio Liliacei Martini - Do Tesoureiro de Martinho dos Lírios Martinho IV (1281-1285) - Simon de Brion
  • Ex Rosa Leonina - Da Rosa Leonina - Papa Honório IV (1285-1287) - Giacomo Savelli
  • Picus Inter Escas - O Pássaro Entre os Alimentos - Papa Nicolau IVO.F.M. (1288-1292) - Girolamo Masci
  • Eremo Celsus - Elevado da Solidão - São Celestino VO.S.B. (1294) - Pietro da Morrone
  • Ex Undarum Benedictione - Das Ondas do Benedito - Papa Bonifácio VIII (1294-1303) - Benedetto Caetani
  • Concionator Patareus - O Pregador de Patara - Beato Bento XIO.P. (1303-1304) - Niccolò Boccasini
  • De Faciis Aquitanicis - Das Faixas da Aquitânia - Papa Clemente V (1305-1314) - Bertrand de Got
  • De Sutore Osseo - Do Sapateiro de Ossa - Papa João XXII (1316-1334) - Jacques Duèse
  • Corvus Schismaticus - O Corvo Cismático - Nicolau V, antipapa (1328-1330) - Pietro Rainalducci
  • Abbas Frigidus - Abade Frio - Papa Bento XIIO.Cist. (1334-1342) - Jacques Fournier
  • Ex Rosa Atrebatensi - Da Rosa dos Atrébates - Papa Clemente VIO.S.B. (1342-1352) - Pierre Roger
  • De Montibus Pammachii - O Lutador dos Montes - Papa Inocêncio VI (1352-1362) - Étienne Aubert
  • Gallus Vicecomes - O Visconde Francês - Papa Urbano VO.S.B. (1362-1370) - Guillaume de Grimoard
  • Novus de Virgine Forti - Forte da Virgem Nova - Papa Gregório XI (1370-1378) - Pierre Roger de Beaufort
  • De Inferno Pregnani - Do Inferno de Prignano - Papa Urbano VI (1378-1389) - Bartolomeo Prignano
  • De Cruce Apostolica - Da Cruz Apostólica - Clemente VII, antipapa (1378-1394) - Robert de Genève
  • Cubus de Mixtione - Cubos Sujeitos à Mistura - Papa Bonifácio IX (1389-1404) - Pietro Tomacelli
  • Luna Cosmedina - A Lua Cosmedina - Bento XIII, antipapa (1394-1423) - Pedro de Luna
  • De Miliore Sidere - De Uma Estrela Melhor - Inocêncio VII (1404-1406) - Cosimo Migliorati
  • Nauta de Pontenigro - Marinheiro da Ponte Negra - Gregório XII (1406-1415) - Angelo Correr
  • Flagellum Solis - O Flagelo do Sol - Alexandre VO.F.M., antipapa (1409-1410) - Pietro de Candia
  • Cervus Sirenae - O Cervo da Sereia - João XXIII, antipapa (1410-1414) - Baldassare Cossa
  • Corona Veli Aurei - A Coroa do Véu de Ouro - Papa Martinho V (1417-1431) - Oddone Colonna
  • Schisma Barcinonicum - O Cisma de Barcelona - Clemente VIII, antipapa Gil Muñoz
  • Lupa Caelestina - A Loba Celestina - Papa Eugênio IVO.S.A. (1431-1447) - Gabriele Condulmer
  • Amator Crucis - O Amante da Cruz - Félix V, antipapa (1439-1449) - Amadeu VIII de Savóia
  • De Modicitate Lunae - Da Pequenez da Lua - Papa Nicolau VO.P. (1447-1455) - Tommaso Parentucelli
  • Bos Pascens - O Boi que Pasta - Papa Calisto III (1455-1458) - Alfonso Bórgia
  • De Capra et Albergo - De Cabra e Albergue - Papa Pio II (1458-1464) - Enea Silvio Piccolomini
  • De Cervo et Leone - Do Cervo e do Leão - Papa Paulo II (1464-1471) - Pietro Barbo
  • Piscator Minorita - O Pescador Menor - Papa Sisto IVO.F.M. (1471-1484) - Francesco della Rovere
  • Praecursor Siciliae - O Precursor da Sicília - Papa Inocêncio VIII (1484-1492) - Giovanni Battista Cibò
  • Bos Albanus in Portu - Boi de Albano no Porto - Papa Alexandre VI (1492-1503) - Rodrigo de Bórgia
  • De Parvo Homine - Do Homem Pequeno - Papa Pio III (1503) - Francesco Todeschini
  • Fructus Jovis Juvabit - O Fruto de Júpiter Comprazerá - Papa Júlio IIO.F.M. (1503-1513) - Giuliano della Rovere
  • De Craticula Politiana - A Grelha de Poliziano - Papa Leão X (1513-1521) - Giovanni de Medici
  • Leo Florentius - O Leão de Florença - Papa Adriano VI (1522-1523) - Adriaan Florensz Boeyens
  • Flos Pilae Aegrae - A Flor das Colunas Vacilantes - Papa Clemente VII (1523-1534) - Giulio de Medici
  • Hyacinthus Medicorum - O Jacinto dos Médicos - Papa Paulo III (1534-1549) - Alessandro Farnese
  • De Corona Montana - Da Coroa do Monte - Papa Júlio III (1550-1555) - Giovanni Maria Ciocchi del Monte
  • Frumentum Floccidum - O Trigo Insignificante - Papa Marcelo II (1555) - Marcello Cervini
  • De Fide Petri - Da Fé de Pedro - Papa Paulo IVC.R. (1555-1559) - Gian Pietro Carafa
  • Aesculapii Pharmacum - O Remédio de Esculápio - Papa Pio IV (1559-1565) - Giovanni Angelo de Medici
  • Angelus Nemorosus - O Anjo de Bosco - São Pio VO.P. (1566-1572) - Antonio Ghislieri
  • Medium Corpus Pilarum - O Corpo no Meio das Esferas - Papa Gregório XIII (1572-1585) - Ugo Boncompagni
  • Axis in Meditate Signi - O Eixo no Meio do Emblema - Papa Sisto VO.F.M. Conv. (1585-1590) - Felice Peretti
  • De Rore Coeli - Do Orvalho do Céu - Papa Urbano VII (1590) - Giambattista Castagna
  • De Antiquitate Urbis - Da Cidade Antiga - Papa Gregório XIV (1590-1591) - Niccolò Sfondrato
  • Pia Civitas in Bello - Cidade Piedosa na Guerra - Inocêncio IX (1591) - Giovanni Antonio Facchinetti
  • Crux Romulea - A Cruz Romana - Papa Clemente VIII (1592-1605) - Ippolito Aldobrandini
  • Undosus Vir - O Homem Agitado - Papa Leão XI (1605) - Alessandro Ottaviano de Medici
  • Gens Perversa - Gente Perversa - Papa Paulo V (1605-1621) - Camillo Borghese
  • In Tribulatione Pacis - Na Tribulação da Paz - Papa Gregório XV (1621-1623) - Alessandro Ludovisi
  • Lilium et Rosa - O Lírio e a Rosa - Papa Urbano VIII (1623-1644) - Maffeo Barberini
  • Jucunditas Crucis - A Exaltação da Cruz - Papa Inocêncio X (1644-1655) - Gian Battista Pamphili
  • Montium Custos - O Guardião dos Montes - Papa Alexandre VII (1655-1667) - Fabio Chigi
  • Sidus Olorum - A Estrela dos Cisnes - Papa Clemente IX (1667-1669) - Giuglio Rospigliosi
  • De Flumine Magno - Do Grande Rio - Papa Clemente X (1670-1676) - Emilio Altieri
  • Bellua Insatiabilis - A Besta Insaciável - Beato Inocêncio XI (1676-1689) - Benedetto Odescalchi
  • Poenitentia Gloriosa - A Penitência Gloriosa - Papa Alexandre VIII (1689-1691) - Pietro Ottoboni
  • Rastrum in Porta - O Rastro na Porta - Inocêncio XII (1691-1700) - Antonio Pignatelli
  • Flores Circumdati - Flores em Círculo - Clemente XI (1700-1721) - Giovanni Francesco Albani
  • De Bona Religione - De Boa Religião - Inocêncio XIII (1721-1724) - Michelangelo Conti
  • Miles in Bello - O Soldado no Combate - Bento XIIIO.P. (1724 - 1730) - Piertro Francesco Orsini
  • Columna Excelsa - A Coluna Elevada - Papa Clemente XII (1730-1740) - Lorenzo Corsini
  • Animal Rurale - O Animal dos Campos - Bento XIV (1740-1758) - Prospero Lambertini
  • Rosa Umbriae - A Rosa das Sombras - Papa Clemente XIII (1758-1769) - Carlo Rezzonico
  • Visus Velox - Visão Veloz - Papa Clemente XIVO.F.M. Conv. (1769-1774) - Giovanni Vincenzo Antonio Ganganelli
  • Peregrinus Apostolicus - O Peregrino Apostólico - Papa Pio VI (1775-1799) - Giovanni Angelo Braschi
  • Aquila Rapax - A Águia Arrebatadora - Papa Pio VIIO.S.B. (1800-1823) - Gregorio Barnaba, Conde de Chiaramonti
  • Canis et Coluber - O Cão e a Serpente - Papa Leão XII (1823-1829) - Annibale Sermattei della Genga
  • Vir Religiosus - O Varão Religioso - Papa Pio VIII (1829-1830) - Francesco Saverio, Conde de Castiglioni
  • De Balneis Etruriae - De Balnes, Etrúria Papa Gregório XVIO.S.B. Cam. (1831-1846) - Bartolomeo Alberto Cappellari
  • Crux de Cruce - A Cruz da Cruz - Beato Pio IXO.F.S. (1846-1878) - Giovanni Maria Mastai Ferretti
  • Lumen in Caelo - A Estrela no Céu - Papa Leão XIIIO.F.S. (1878-1903) - Leão XIII - Vincenzo Gioacchino Pecci
  • Ignis Ardens - O Fogo Ardente - São Pio XO.F.S. (1903-1914) - Giuseppe Sarto
  • Religio Depopulata - A Religião Despovoada Papa Bento XVO.F.S. (1914-1922) - Giacomo della Chiesa
  • Fides Intrepida - A Fé Intrépida - Papa Pio XIO.F.S. (1922 -1939) - Achille Ratti
  • Pastor Angelicus - O Pastor Angelical - Papa Pio XIIO.P. (1939-1958) - Eugenio Paccelli
  • Pastor et Nauta - Pastor e Navegante - Beato João XXIIIO.F.S. (1958-1963) - Angelo Giuseppe Roncalli
  • Flos Florum - A Flor das Flores - Papa Paulo VIO.F.S. (1963-1978) - Giovanni Battista Enrico Antonio Maria Montini
  • De Medietate Lunae - Da Metade da Lua - Papa João Paulo I (1978) - Albino Luciani
  • De Labore Solis - Do Trabalho do Sol - Beato João Paulo II (1978-2005) - Karol Jozef Wojtyla
  • De Gloria Olivae - Da Glória da Oliveira - Papa Bento XVI (2005-) Joseph Alois Ratzinger
  • Petrus Romanus - Pedro Romano - ??? [1].


Sobre o Papa que virá depois de Bento XVI, São Malaquias disse:
In persecutione extrema S.R.E. sedebit Petrus Romanus,
qui pascet oves in multis tribulationibus,
quibus transactis civitas septicollis diruetur,
et Iudex tremêndus iudicabit populum suum.
Finis.
O que pode ser traduzido por:
Na perseguição final à sagrada Igreja Romana reinará Pedro Romano,
que alimentará o seu rebanho entre muitas turbulências,
sendo que então, a cidade das sete colinas (Roma) será destruída
e o formidável juíz julgará o seu povo.
Fim.
A esta divisa, o Monge de Pádua colou as seguintes palavras apocalípticas:
Na suprema desolação do mundo, reinará Pedro Romano, último Pontífice de Deus verdadeiro. Roma criminosa será destruída e o Juiz tremendo julgará, triunfante, todos os povos.

FONTE:http://apocalipse2000.com.br/profecias26.htm

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Sonho profético: Acontecimentos em 2012 - conversão urgente

Imagem cedida por: http://kawanamu.blogspot.com/2011/01/2012-afinal-que-motivos-temos-para-nos.html


Meus irmaos, meu tio me indicou este site para anunciar o que sonhei na semana passada. eu tenho comigo que nao tem nada a ver com essas gerais profecias sobre 2012, mas depois disso, eu acredito que alguma coisa relacionada a vinda de Cristo vai acontecer sim, no ano que vem: sonhei com um padre, mas nao me lembro quem era. ele me dizia pra gente se preparar para o ano que vem, porque seria o ano em que as portas do inferno se abririam para a humanidade. lembro que ele contava que varias pessoas vao ter que enfrentar o diabo cara a cara, e que a maioria nao conseguiria viver.

ele me dizia que pessoas permaneceriam no maximo seis horas vivas, e outras seriam violentamente atraídas para o portal onde jazia o inferno(eu via o inferno atraves desse portal, via as pessoas sendo arrastadas pra dentro dele, e aquilo foi horrivel).

o recado do padre foi simples; ele disse que eu tinha que me preparar para esse dia, e que jesus estará em prontidao para aqueles que tiverem se preparado, que nada de mal nos acontecerá. me mandou orar mais, pecar menos e lutar contra o pecado, ainda que o menor e quase invisivel.

o sonho se passou num momento de festa, tal como carnaval; haviam carros alegoricos. o padre me mostrou os dois lados da moeda: pude ver ao mesmo tempo que aquela festa toda, um cenário de destruiçao e caos, havia fogo por toda a parte e nao existia vida, embora eu ouvisse pessoas chorando amargamente. o céu era escuro e ao mesmo tempo cor de sangue.

o padre me disse que aquela é a realidade humana do momento; nós vemos as festas, a alegria, a distraçao por toda a parte. o que vemos porem, é superficial, mera aparencia. a visao de Deus nesse momento é triste, muito triste, nao há a vida plena em abundancia, nao há amor em nada, muito menos a tal felicidade. gostaria de ter esquecido este sonho, pois eu mesmo dizia ao padre que estava tomado por um medo muito grande, depois de tudo o que ele me mostrou e disse.

o padre apenas me dizia: prepare-se, pois o medo e o terror ja estao aí; quem nao for forte o bastante vai cair na cilada. quanto a voce, nao se cale, vá dizer as coisas que viu e ouviu. tive ainda outros momentos terriveis no sonho, que pretendo nao contar por enquanto...

gustavo botilieri
catanduva - SP

FONTE: http://www.sinaisdostempos.org/sonhos_profeticos

Tsunami em Santos


Imagem cedida por: http://www.oceanografia-ufsc.blogger.com.br/2005_01_01_archive.html


Nome: MARIA APARECIDA DE JESUS
Cidade: SÃO PAULO
Estado: SP
Religião: Cristão

Mensagem: Tenho 53 anos e há onze anos tenho o pesadelo que hoje sei o nome, pois até oito anos atrás eu não sabia como explicar eu não conhecia a expressão Tsunami,(só conhecí a expressão em 2004 qdo ocorreu no Pacífico)sou Santista e sempre relatei para os vizinhos no prédio e parentes o terror dos pesadelos que vivo até os dias de hoje, são tão reais que acordava com arritmia cardíaca corria pra janela pra ver se realmente o mar tinha invadido,ficava aliviada, mas no sonho eu via uma muralha de água tão alta que não conseguia ver o seu final era maior que todos os prédios da orla da praia, eu gritava muito correndo mas acordava logo em seguida. 

Há cinco anos atrás resolví subir a serra com meu filho,agora moro em SP, mas tenho minha família e tds por lá, temo por eles.Este ano aquí em SP já sonhei por 2 vezes a mesma coisa só que no sonho eu estava lá em espírito, vendo e gritando mas as águas não me molhavam.Relatei estes sonhos há dois anos atrás para amigos em SV e fiquei sabendo de relatos que ouviram de outras pessoas,estranho saber que outras pessoas sonham a mma coisa.Nos últimos anos tenho orado mais,Deus nos proteja.Fiquem com Deus
  
FONTE: http://www.sinaisdostempos.org/sonhos_profeticos

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Sonho com Tsunami: Maremoto no litoral do Sul, Sudeste e Nordeste do Brasil


Imagem cedida por: http://lightrs.blogspot.com/2011_03_12_archive.html


O Senhor manda dizer ao Brasil principalmente aos estados:

Rio de janeiro, litoral de São Paulo, litoral do Paraná, litoral de Santa Catarina. Partes do Estado do Rio Grande Sul, litoral do Espírito Santo, ate regiões do Estado da Bahia, o Senhor manda lhes dizer que se arrependa de todos os pecados voltem suas faces para o Senhor Jesus cristo, busquem-no em oração porque os sinais de sua volta já estão acontecendo sobre o Brasil. E o próximo sinal do Senhor será um maremoto sobre essas regiões que estão escritas acima o Senhor diz ao seu suba para os montes porque ele ira lavar essas regiões.

Mas também está escrito no livro de 2 Crônicas cap 7 ver. 14 se o meu povo, que se chama pelo o meu nome, se humilhar e orar e me buscar, e converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra.
wencelo_72 - Goiânia - GO

FONTE: http://www.sinaisdostempos.org/sonhos_profeticos

Sonho com Tsunami: Maremoto em salvador

Imagem cedida por: http://jorgesalvador.wordpress.com/2011/08/10/testa-se-hoje-o-sistema-de-alerta-de-tsunamis-europeu/
Mais um sonho profético de um internauta. muito bom. 


O DIA DA ESCURIDÃO

Eis que fui levado em espírito a uma grande cidade na costa do Brasil, lá, um anjo mostrou-me as coisas que em breve devem acontecer.

O anjo trouxe-me um grande cajado e mostrou-me que a ira de Deus estava por chegar.
Mostrou-me também, um farol na beira de um mar revolto, que com muita força agredia toda a praia.
A cidade parecia-me no nordeste brasileiro, talvez Salvador, pois eu via um grande desnível entre a parte alta e a parte baixa da cidade.

O anjo mostrou-me também pessoas, muitas pessoas, com roupagens alegres e coloridas dançando uma dança frenética, o álcool também dominava as pessoas e criava uma aura escura em torno desta multidão.
O anjo então baixou-me até eles, e eu senti um cheiro forte, o cheiro que exalava da festa era tal qual uma droga inebriante e que tornava todo o ambiente propicio às forças do mal.

Eis que olhando ao céu, uma grande chuva começou a cair por sobre as pessoas que corriam desordenadamente, tentando buscar abrigo, então o pior me foi mostrado, o mar, o grande mar se revoltou e atingiu enormemente aquela cidade, destruindo o seu farol, derrubando casas, edifícios e transtornando todo o litoral.

Parecia-me Salvador, porém eu não tinha certeza e nem o anjo mostrou-me isto, então, tal como um grande pássaro que voa pelo ar, veio sobre mim uma forte e poderosa rajada de vento que me atirou no meio das pessoas que corriam tentando fugir do grande mar, da enorme chuva e das ratazanas que infestavam a tal cidade.

Foi-me dito então pela boca do anjo, que tudo o que eu via iria acontecer como punição pela maldade do homem, que não tinha escrúpulos em desejar o mal para os seus irmãos, foi-me dito ainda, que tudo estava muito próximo e que nada poderia evitar estes acontecimentos.

Então prostrei-me aos pés do anjo e implorei pelo povo daquela cidade, o anjo falou-me então, “Vês meu filho, o homem que guia os seus caminhos pela bondade e pureza de coração sempre será protegido das intempéries e dos eventos nebulosos, porém, o homem que deixa penetrar no seu coração, o ódio, a falta de fé e os hábitos desregrados de vida, sempre está caminhando em uma corda bamba, a qualquer momento ele pode cair para um lado ou para o outro, então que seja feita a vossa vontade, assim dizem as escrituras e o homem é que decidirá o seu destino e o seu futuro.

Eis que virei sem demora para julgar os povos.
A graça do Senhor esteja com todos.
Sou fiel e verdadeiro as coisas que vi e ouvi do anjo do Senhor.
Amém, Senhor Jesus.

Abraço a todos.
Paulo Katz.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...